EFI : European Forest Institute
Support EFIATLANTIC
Pinède
La rede para o desenvolvimiento sustentavel das florestas cultivadas do sul da europa.

français espagnol portugais english
IEFC - Lettre - Article n° 24

Lettre IEFC

Article 23 - Article 24 - Article 25

AutorC. Orazio [2006-12-22 00:00:00]

Os projectos INTERREG sobre a temática florestal

O projecto FORSEE (2004 -2007) : gestão sustentável das florestas, uma rede de zonas piloto para metodologias operacionais

O objectivo deste projecto pilotado pelo IEFC é de testar num conjunto de zonas piloto, de varias dezenas de milhares de hectares, os indicadores de gestão sustentável de forma a testar a sua pertinência, praticabilidade e custo. Este projecto de três anos e meio interessou-se em todos os aspectos da gestão sustentável: produção de bens e serviços, carbono, biodiversidade, protecção do ambiente, e forneceu alguns novos esclarecimentos sobre as ferramentas de controlo existente, e produziu propostas metodológicas para um acompanhamento mais eficaz da gestão sustentável das florestas à escala de uma pequena região.

O projecto FORESPYR (2003-2006) : Florestas dos Pirinéus

Pilotado pelo GEIE, o FORESPIR compõe-se de um grande numero de acções bastante variadas e especificas das necessidades das florestas dos Pirenéus. Estas acções estão reagrupadas em 4 grupos:

  • acções de caracter politico: que gestão para as florestas dos Pirenéus, trocas entre os actores e estruturação a nível da floresta, conferências,…
  • acções de caracter técnico: melhoramento das técnicas florestais, protecção da saúde florestal, desenvolvimento das técnicas alternativas de exploração, normas de qualidade dos trabalhos de exploração florestal, desenvolvimento de ferramentas de gestão para as empresas,
  • acções de caracter económico: valorização das florestas abandonadas, valorização da madeira local, acompanhamento da eco certificação nos dois lados, acompanhamento dos jovens empreendedores, valorização dos produtos não lenhosos,
  • acções de caracter ambiental: melhoramento dos habitats do Tetrao urogallus, estudo das diferentes espécies de picos, conservação e melhoramento da biodiversidade, avaliação dos indicadores de gestão sustentável, promoção de uma rede de grandes sítios florestais.

O projecto ENERSILVA (2005-2007)

O projecto ENERSILVA tem como objectivo de contribuir ao desenvolvimento sustentável das florestas do SUDOE através da utilização de biomassa com fins energéticos. Os parceiros deste projecto pretendem a promoção da capitalização das florestas, realizando uma gestão mais integrada dos recursos e valorizando os produtos e serviços considerados até à data como residuais. Serão assim implementadas varias acções capazes de implicar os proprietários florestais na exploração da biomassa através de estruturas organizacionais que garantem um fornecimento permanente de biomassa.

O projecto FORETMED (2001-2005) : Organização de redes e acções de cooperação sobre a floresta mediterrânea

A organização de redes e acções de cooperação sobre a floresta mediterrânea tem como objectivo de facilitar a aproximação e comunicação entre os proprietários privados e os serviços florestais das regiões mediterrâneas do espaço SUDOE, e assim favorecer a implementação de novas politicas de desenvolvimento rural e de gestão florestal sustentável.

FOREMED é um projecto de cooperação interregional entre os actores territoriais implicados na gestão sustentável da floresta mediterrânea privada. Os objectivos do projecto são o desenvolvimento de acções inovadoras orientadas sobre a valorização das florestas privadas, e a cooperação técnica e trocas de experiências na rede de zonas piloto organizadas pelo parceiros do projecto.

O projecto ATLANWOOD (2005-2006)

Inventários das utilizações e transformações da madeira do pinheiro Bravo. Os relatórios em 4 línguas deste projecto deram-nos uma ideia de todos os cortes, transformações e tratamentos que são utilizados actualmente para o pinheiro Bravo (tratamentos, colagens,...) As traduções dos critérios de classificação da madeira são também fornecidas.

O projecto CASTANEAREG (2004-2006)

Este projecto reagrupa equipas de genéticos de Aquitânia, Galiza e de Portugal de forma a estudar de maneira concreta a diversidade genética dos sobreiros nessas regiões. Este inventario da diversidade foi acompanhado da realização de um pomar destinado à conservação de espécies que permitirão, por exemplo, as proveniências das resistências à Phytophthora ramorum que afecta três países.

O projecto BIORREG-FLOREST (2003-2005)

Avaliação de potenciais recursos renováveis: Atlas dos resíduos florestais e aplicações para a biomassa na Europa Atlântica