EFI : European Forest Institute
Support EFIATLANTIC
Pinède
Le réseau pour la gestion durable des forêts cultivées.

français espagnol portugais english

FORSEE : Indicateur évalué

Indicateur 1.2: Volume em pé

Custos

Custo Total

1 802.22€
(inclui recolha de dados
e respectiva análise)

Custo por parcela

15.95€

Resultados

Tabela 5 – Volume total por tipo de povoamento

table

Notas

O volume total calculado inclui a casca e o cepo, tendo sido utilizadas as equações por espécie disponíveis ao nível da árvore. Os resultados são apresentados em m3 por tipo de povoamento para o concelho da Lousã, considerando as áreas de ocupação do solo estimados com a fotointerpretação de pontos de 2005.

Problemas e melhorias

Uma vez que nem todas as espécies florestais têm equações de volume disponíveis, em algumas espécies foram utilizadas as equações das espécies mais similares, por exemplo, no caso de outros pinheiros foram aplicadas as equações do pinheiro bravo.

Conclusões

As principais espécies existentes nos povoamentos da Lousã são o Pinheiro bravo e o Eucalipto. Por esta razão, os cálculos de volume total destas espécies foram considerados em separado das outras espécies de folhosas e de resinosas, e apresentados na tabela 5 para os povoamentos puros e dominantes. O volume total médio para todas as espécies independentemente do tipo de povoamento é de 125 m3 por hectare.

logo1logo2
Projet cofinancé par l'Union Européenne
Initiative Communaitaire FEDER
INTERREG IIIB Espace Atlantique