EFI : European Forest Institute
Support EFIATLANTIC
Pinède
Le réseau pour la gestion durable des forêts cultivées.

français espagnol portugais english

FORSEE : Indicateur évalué

Indicador 3.1: Acréscimos em volume e cortes

Custos

Custo por hectare

0.22€

(inclui recolha de dados e processa-mento)

Resultados

graf1

Figura 1 – Evolução do volume para povoamentos de eucalipto considerando diferentes níveis de corte para o período 2006 a 2020

graf2

Figura 2 - Evolução do volume para povoamentos de pinheiro considerando diferentes níveis de corte para o período 2006 a 2020

graf3

Figura 3 – Evolução do crescimento em volume para povoamentos de eucalipto e pinheiro considerando diferentes níveis de corte para o período 2006 a 2020

Notas

Recorrendo ao modelo SIMFLOR- versão agreg, que simula o crescimento de povoamentos florestais, os acréscimos em volume foram obtidos considerando o volume total da árvore (inclui cepo, casca e bicada).

A tabela de produção necessária para correr o programa foi construída com base em dados do inventário florestal nacional de 2005/2006 para caracterizar os povoamentos da região Pinhal Interior Norte (PIN).

A metodologia aplicada no cálculo deste indicador, foi desenvolvida no âmbito do estudo especifico deste projecto, por isso a sua descrição encontra-se no relatório respectivo.

Problemas e melhorias

Conclusões

As figuras 1 e 2 apresentam, para o período 2006 a 2020, a evolução do volume nos povoamentos de eucalipto e pinheiro, considerando 4 níveis de volume cortado relativos aos quatro cenários simulados. Nos cenários I e IV considera-se uma área ardida de 505 ha por ano, enquanto que no cenário II a área ardida é de 781 ha por ano. No cenário IV considera-se ainda uma área plantada de 2150 ha por ano. No cenário III repetem-se os valores de área ardida e volume cortado ocorridos no período de 1990 a 2004.

A figura 3 apresenta a evolução do crescimento em volume para os referidos cenários nos dois tipos de povoamentos. Considerando os primeiros cinco anos da simulação, nos povoamentos de eucalipto a média dos acréscimos em volume por ano, para cada um dos quatro cenários é de: I - 609 103m3; II – 587 103m3; III – 611 103m3; IV – 619 103m3. Nos povoamentos de pinheiro os valores médios para cada cenário são de: I - 440 103m3; II – 432 103m3; III – 429 103m3; IV – 445 103m3.

logo1logo2
Projet cofinancé par l'Union Européenne
Initiative Communaitaire FEDER
INTERREG IIIB Espace Atlantique