Rumo a uma gestão inteligente da informação de sobre florestas complexas no Sudoeste da Europa – Institut Européen de la Forêt Cultivée
Artigos Rumo a uma gestão inteligente da informação de sobre florestas complexas no Sudoeste da Europa

Rumo a uma gestão inteligente da informação de sobre florestas complexas no Sudoeste da Europa

Rumo a uma gestão inteligente da informação de sobre florestas complexas no Sudoeste da Europa


O valor social e económico das plantações mistas e das florestas irregulares na região SUDOE é pouco conhecido e não tidas em conta na tomada de decisões políticas e de desenvolvimento local. Sistemas e estruturas de partilha de informação limitados impedem a região SUDOE de empreender uma abordagem concertada e coordenada na gestão sustentável das florestas e na criação de uma bioeconomia favorável.

Floresta complexa, plantações mistas e serviços de ecossistemas

Florestas proporcionam uma multiplicidade de benefícios para os seres humanos em termos de regulação da temperatura, abastecimento de água e purificação, madeira, energia, ar limpo, proteção do solo, recreação e bem-estar.  Fornecem também uma solução natural para mitigar as alterações climáticas através do sequestro de carbono, da substituição e da conservação. As florestas cobrem quase um terço da superfície terrestre e servem como ecossistemas biologicamente diversos a plantas, animais e microrganismos. O Sudoeste da Europa necessita de florestas saudáveis e funcionais que garantam a prestação de bens e serviços para a sociedade rural e urbana, bem como a proteção da sua rica biodiversidade. Florestas complexas e plantações mistas, como uma alternativa resiliente, podem aumentar e, em muitos casos, melhorar a qualidade potencial dos serviços ecossistêmicos em comparação com outros sistemas florestais.

O Projeto COMFOR-SUDOE

Organizar, gerir e dar sentido aos dados técnicos e científicos isolado pode ser complexo e complicado. São perdidas oportunidades para transferir e partilhar conhecimentos e inovações que possam potencialmente ajudar a melhorar a gestão florestal sustentável além-fronteiras. Muitas vezes os estudos científicos não vão além da informação às autoridades locais. A integração de pessoas, processos, informação e tecnologia na região SUDOE é claramente necessária.

Por esta razão, um consórcio transnacional de atores florestais lançou o projeto COMFOR-SUDOE, uma estratégia baseada na floresta, financiada pelo Programa INTERREG SUDOE da UE, que ajudará a promover os serviços dos ecossistemas e a proteção da biodiversidade, bem como a assegurar uma gestão sustentável e resiliente do sistema florestal e uma condição favorável para uma bioeconomia.

O projeto COMFOR-SUDOE é a gestão integrada e inteligente da informação sobre florestas complexas e plantações de espécies mistas no sudoeste da Europa. Este projeto procura promover florestas complexas (mistas e irregulares) e plantações multi-espécies como uma estratégia adaptativa resiliente em resposta às alterações climáticas e à diminuição da biodiversidade. O projeto visa reforçar sinergias transnacionais e redes de parcerias em sectores específicos do espaço SUDOE, promovendo a investigação, o desenvolvimento e a transferência de tecnologia e inovação.

Um consórcio de especialistas empenhados nos resultados

O consórcio é composto por um grande painel de colaboradores com competências complementares e conhecimentos especializados em toda a Europa. Organizam-se em diversos grupos de trabalho interrelacionados e interagindo entre eles, empenhados em avaliar o valor social e económico dos serviços de ecossistemas prestados por plantações mistas e florestas irregulares no espaço SUDOE, criar uma rede experimental conjunta de florestas e plantações mistas e irregulares no espaço SUDOE para a capacitação e transferência de conhecimentos, bem como reforçar as sinergias transnacionais de investigação e inovação e redes de parcerias, desenvolver uma estratégia inteligente de gestão da informação para plantações mistas e florestas irregulares no espaço SUDOE, incentivar a gestão inteligente da informação no domínio dos serviços ambientais e da energia a partir de fontes renováveis no espaço SUDOE, através da rede de conhecimento, inovação e intercâmbio científico, e promover o valor tecnológico das florestas complexas e das plantações mistas como ativos locais do espaço SUDOE.

As florestas complexas fazem parte do nosso património ambiental, recursos naturais e bens territoriais. Para mais informações visite  https://www.comfor-sudoe.eu/pt-pt/.

Por: Hubert COSICO (IEFC)