EFI : European Forest Institute
Support EFIATLANTIC
Pinède
La rede para o desenvolvimiento sustentavel das florestas cultivadas do sul da europa.

français espagnol portugais english

FORSEE : Indicateur évalué

Indicador 1.4.1 : Armazenamento de carbono na biomassa da árvore

Custos

Custo Total

1 802.22€
(inclui recolha de dados de inventário e respectiva análise)

Custo por parcela

15.95€

Résultados

Tabela 1 – Biomassa acima do solo por espécie e por tipo de povoamento

table1

Tabela 7 – Biomassa abaixo do solo e biomassa total para as principais espécies florestais por tipo de povoamento

table2

Tabela 8 – Biomassa acima do solo e correspondente carbono por tipo de povoamento

table3

Notas

A biomassa é calculada acima do solo (tronco e copa) e abaixo do solo (raízes) utilizando as equações disponíveis para cada espécie. Para converter a biomassa da árvore em carbono armazenado, foi utilizado o factor de conversão de 0.5, independentemente da espécie.

Os resultados são apresentados por tipo de povoamento considerando as áreas de ocupação do solo estimados com a fotointerpretação por pontos de 2005.

Problemas e melhorias

Para estimar a biomassa de raízes, apenas existem disponíveis equações ao nível da árvore para o Pinheiro bravo e ao nível do povoamento para o Eucalipto.

Conclusões

Na tabela 6 apresentam-se os valores de biomassa acima do solo para as diferentes espécies presentes nos diversos povoamentos, destacando-se o pinheiro bravo por ser a maior área de povoamento na Lousã.

A biomassa total da árvore, definida pela soma da biomassas acima do solo (tronco e copa) e abaixo do solo (raízes), é calculada apenas para o Eucalipto e para o Pinheiro bravo. Através da tabela 7 verifica-se que a biomassa de raízes no Pinheiro bravo representa cerca de 9% da biomassa total da árvore, enquanto que no Eucalipto esta proporção é aproximadamente 20%.

Os valores de biomassa da árvore e correspondente carbono armazenado apresentados na tabela 8 são relativos à soma da biomassa acima do solo (tronco e copa) para todas as espécies florestais existentes. O carbono armazenado na biomassa acima do solo existente nos povoamentos da Lousã é de aproximadamente 37 Mg de carbono por ha. Comparando o carbono armazenado na biomassa total nos povoamentos de pinheiro bravo e de eucalipto, encontramos 36 Mg de carbono por ha e 13 Mg de carbono por ha, respectivamente.

logo1logo2
Projet cofinancé par l'Union Européenne
Initiative Communaitaire FEDER
INTERREG IIIB Espace Atlantique