KEBBE: recursos de colaboração para melhor compreender a floresta e a sua bio-economia - Instituto Europeu De Floresta Plantada
Artigos KEBBE: recursos de colaboração para melhor compreender a floresta e a sua bio-economia

KEBBE: recursos de colaboração para melhor compreender a floresta e a sua bio-economia

KEBBE: recursos de colaboração para melhor compreender a floresta e a sua bio-economia

KEBBE é um projecto educativo transfronteiriço financiado pela Euroregião e realizado em colaboração com parceiros do País Basco (Arabako), Espanha (Foresna), e França (IEFC). O objetivo deste projeto é criar conteúdos educacionais para professores do ensino primário e secundário, para servir de base de conhecimento sobre a floresta dentro das suas turmas. Estes conteúdos, concebidos por profissionais florestais, serão disponibilizados em www.kebbe.iefc.net no início de Março de 2022. A ideia é permitir aos jovens tomar consciência das questões que envolvam a floresta e da necessidade da sua gestão adequada, para assegurar a produção dos nossos bens e serviços quotidianos, combatendo ao mesmo tempo a desinformação. Além disso, os estudantes poderão descobrir que as florestas são um dos poucos ecossistemas terrestres que armazenam carbono em grandes quantidades e são o recurso renovável mais abundante na Euroregião.

O projeto Kebbe explora o ecossistema florestal através de 3 temas principais

  • Compreender o que é uma árvore
  • À descoberta das escolhas de gestão florestal e de gestão florestal sustentável
  • Compreender a valorização dos produtos da floresta: a bio-economia florestal

Este projeto propõe folhas de apoio às aulas para professores, bem como várias atividades prontas a usar para os alunos. Graças à cooperação entre regiões, todos os conteúdos estarão disponíveis em francês, basco e espanhol.

Além disso, Kebbe quer reunir escolas e professores das três regiões para encorajar intercâmbios e futuras colaborações. É neste contexto que terão lugar atividades nas escolas e escolas secundárias, para implementar as atividades propostas por este projeto. 

Está previsto um teste piloto para Março e Abril de 2022: todo o conteúdo será então disponibilizado aos professores para feedback. Após modificações aconselhadas e sugeridas pelos utilizadores, o conteúdo final estará disponível a partir de Maio de 2022.