Investigação sobre resiliência e bioeconomia do pinheiro bravo: Contribuição do projeto europeu B4EST - Instituto Europeu De Floresta Plantada
Artigos Investigação sobre resiliência e bioeconomia do pinheiro bravo: Contribuição do projeto europeu B4EST

Investigação sobre resiliência e bioeconomia do pinheiro bravo: Contribuição do projeto europeu B4EST

Investigação sobre resiliência e bioeconomia do pinheiro bravo: Contribuição do projeto europeu B4EST





O consórcio B4EST, em colaboração com o IEFC, INRAE e FCBA, está a organizar um simpósio sobre investigação para a resiliência e a bioeconomia do pinheiro bravo.O evento foi transferido para a tarde de quarta-feira 6 de Julho de 2022 e terá lugar em Amphi C do Campus Agro de Ciências de Bordeaux, Gradignan (Bordeaux), França.

Este evento tem como objetivo aprofundar o mais recente trabalho de investigação sobre a resiliência e a bioeconomia das bancadas de pinho bravo, com especial destaque para o programa de melhoramento do pinheiro bravo. E é organizado no âmbito de uma série de eventos internacionais apoiados pelo projeto B4EST, ‘Breeding for adaptation: for productive, sustainable and resilient forests under climate change’. Destina-se a todos os intervenientes do sector do pinho bravo que desejem obter informações relevantes e interagir com peritos científicos sobre trabalhos em curso. Este simpósio, em francês, será também uma oportunidade para conhecer as iniciativas em curso no estrangeiro, como na Galiza com a seleção de material resistente ao nemátodo da madeira de pinheiro.

Para registar, clique aqui :





AGENDA PROVISÓRIA



Sessão 1 – Programa de Melhoria Genética do Pinheiro Bravo e Questões Futuras

  • Apresentação do sector do pinheiro bravo
  • Apresentação do programa de melhoria genética
  • Questões para o futuro, resultados de inquéritos profissionais: Inquérito regional e inquérito B4EST
  • Evafora, Forêts-21 e Biosylve: projetos participativos do MAA e ADEME para modelar os impactos cruzados das Rotas Técnicas Florestais e cenários climáticos 2100 nas florestas de produção metropolitana.


Sessão 2 – Trabalho de Investigação B4EST

  • Apresentação do projecto B4EST
  • Resposta do estado de saúde dos arboretos de REINFFORCE ao longo do gradiente climático de REINFFORCE
  • Estratégia de melhoria utilizando marcadores moleculares
  • Testes clonais multiprovenientes
  • Interações bióticas
  • Ganho económico associado ao ganho genético
  • Análise custo-benefício do custo da melhoria genética


Sessão 3 – Implantação de variedades melhoradas

  • Ganho económico associado ao ganho genético
  • Análise custo-benefício do custo da melhoria genética
  • Saúde dos pomares de semente
  • Problemas na selecção de material genético resistente ao nemátodo
  • Modelação do impacto climático na produção
  • Bioeconomia do maciço florestal e melhoria genética


Note-se que o nosso evento será realizado de trás para a frente com a conferência franco-canadiana “Multi-riscos” sobre previsão e gestão de riscos florestais, também agendada na Bordeaux Sciences Agro. Poderá estar interessado na sessão de quarta-feira de manhã sobre estratégias de mitigação que poderá fazer eco do nosso programa da tarde.

Siga esta ligação para saber mais